Case - Papel e celulose - B-570

   No Brasil, um dos segmentos industriais com crescimento significativo nos últimos anos é a indústria de papel. Estas empresas geram, na fabricação do papel e celulose, vazões muito elevadas de efluentes o que implica na instalação de enormes estações de tratamento (ETE).
  
   Normalmente adota-se como sistema de tratamento lagoas aeradas, seguidas de lagoas de estabilização, ou mesmo o sistema de lodos ativados. Os maiores problemas enfrentados por estas indústrias são:

a) necessidade de grandes áreas destinadas às ETEs;
b) baixa eficiência do sistema de tratamento devido a alta carga orgânica de seus despejos e conseqüente baixa remoção de DBO/DQO e,
c) choques constantes de carga orgânica que não são absorvidos pela estação.

   Visando minimizar os danos ambientais causados pelos despejos desta indústrias sem o devido tratamento, a Bio-Brasil iniciou o programa Bio-Systems de Tratamento de Efluentes em agosto de 1999, em uma grande empresa do setor papeleiro, localizada no sul do país. Os resultados obtidos após o uso contínuo dos aditivos Bio-Systems demonstrou-se extremamente satisfatório já no primeiro mês de aplicação quando verificou-se uma melhora na eficiência da ETE .

   Após o terceiro mês do programa Bio-Systems, conseguimos aumentar em mais de 20% a remoção de DBO/DQO, mesmo com aumento de carga orgânica na entrada do sistema. Estes resultados mostram que a aplicação dos aditivos Bio-Systems só trazem benefícios ao sistema de tratamento de efluentes da empresa em particular e ao meio ambiente como um todo.

Bio-Brasil Limpeza Biológica Ltda.
R. Comendador Elias Assi, 371 - São Paulo-SP
Tel./Fax: (11) 3721-2426