Case: Papel e Celulose - B-570

   A Estação de tratamento de Efluentes (ETE) de uma empresa de papel e celulose localizada no nordeste do Estado do Paraná, encontrava-se com problemas na remoção da carga orgânica, avaliada pela demanda química de oxigênio (DQO) e pela demanda bioquímica de oxigênio (DBO). Os resultados obtidos apresentavam-se acima dos valores desejados pela empresa e pela legislação ambiental.

   A aplicação de bioaditivos Bio-Systems B-570 nas lagoas melhorou a eficiência da estação reduzindo os valores de saída da carga orgânica (DBO/DQO), como pode ser observado nos gráficos. Observa-se  que o maior valor de DBO de saída obtido sem o produto foi 125% maior que o maior valor obtido após a aplicação do B-570. Percebe-se ainda que para a DBO os valores de saída, com a aplicação do bioaditivo, mantiveram-se baixo de 30 mg/L em 92% das avaliações realizadas enquanto que no período sem a adição do B-570 somente 50% dos valores avaliados foram menores que 30 mg/L. Os valores de DQO mostram uma redução mais significativa, visto que quando não se adicionava bioaditivos na ETE os valores de saída nunca foram inferiores a 60 mg/L e após a adição do B-570 63% dos resultados obtidos foram menores ou iguais a 60 mg/L.

   Os resultados obtidos mostram os efeitos benéficos que podem advir do uso dos bioaditivos em ETEs para melhorar a eficiência do sistema.

Bio-Brasil Limpeza Biológica Ltda.
R. Comendador Elias Assi, 371 - São Paulo-SP
Tel./Fax: (11) 3721-2426